THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

terça-feira, julho 14, 2009

Sexo/Amor (?)


Pela primeira vez… em todos os post’s que já fiz até agora… vou falar acerca de algo que NÃO entendo… algo que, por enquanto, está acima das minhas capacidades de compreensão… SEXO!


É verdade!


Não sei se serei a única, mas sou uma rapariga de 17 anos (que provavelmente deveria virar freira) que não consegue compreender algo que todos dizer ser “natural da vida”.

Pronto, ok, confesso:


Aquela parte em que é algo mais do que essencial para a continuidade da raça humana, compreendo pois felizmente nasci no séc. XX e não na idade da pedra.

Mas não se trata apenas disso pois não?


Sexo é uma forma rápida de ganhar dinheiro… ou de o gastar… fica à vontade do freguês!

Sexo pode ser também uma maneira fácil de aliviar o stress… perder calorias… e sempre é mais eficaz que o yoga…!


Deixa-me ver que mais…


Ah, claro! Para grande parte dos rapazes da minha idade (e mais velhos também) é uma maneira eficiente de ganhar popularidade ou o tão desejado “prestígio” entre eles… basicamente uma forma de afirmarem a sua masculinidade. FELIZMENTE não são todos assim… poucos, mas existem rapazes que se prezam.


Porém, e que fique bem explicito, aqui e agora, que as “meninas” não se ficam nada atrás! Também acham piada falar entre si dos órgãos sexuais dos parceiros que já tiveram (quantos mais melhor!) … e sinceramente isso não me mete piada, mas sim NOJO!

Há outra coisa que me mete imenso nojo…


Hoje em dia, quase todos os dias se houve falar de sexo na TV a horas “decentes”…

Por amor de Deus, falam disso como quem fala de bolinhos ou sapatos…!


Houve um belo dia em que eu estava sentada num sofá, a fazer o belo do meu zapping matinal e parei, estupefacta, com uma cena assustadoramente viscosa…


Não vou dizer o canal nem quem o disse para não ferir susceptibilidades, mas é verídico:

«Era um programa matinal e o tema de conversa, se não me falha a memória, “sexo na terceira idade”.


Estava na parte do concurso para os telespectadores, como outro qualquer, em que as pessoas tinham de ligar para lá para tentarem ganhar uns trocos… uma senhora idosa ligou e um excerto da conversa foi:


“APRESENTADORA: Então diga-me minha senhora, gosta de ganhar dinheiro?

PARTICIPANTE: Sim… (risos de embaraço)

APRESENTADORA: (de forma muito rápida) E de sexo, gosta???”»


A desgraçada da senhora ficou muda! O raio da apresentadora desatou-se a rir para disfarçar o silêncio constrangedor que se instalou após pergunta tão… imprópria para a altura.


Se estas e outras coisas se falam tanto…

(a primeira vez deste e daquele, como ter uma orgasmo maior, o tamanho não importa, posições sexuais, o ponto G… puff sei lá tenta m****…)


Porque é que mal se fala das coisas que realmente importam?


DIU, pílula, preservativo feminino, DST, a primeira ida ao ginecologista, ejaculação precoce…


Enfim… nada posso fazer… teremos de ir procurar a informação a outro lado, e deixar a TV banhada em conversas de caca…!


Bem, para não começar a divagar, vou tentar chegar ao ponto de interrogação que se instalou na minha cabeça:

Muito provavelmente estou naquela fase da adolescência em que não entendemos nada, porque não queremos entender, ou porque não há entendimento possível!


Os dois últimos rapazes por quem me “apaixonei”… God, só queriam sexo?!?

É disso que se trata? É essa a base fundamental para o bom funcionamento da mente dos rapazes a partir dos 17/18 anos??


Estava eu, parvinha de todo, a entregar-me a alguém, LITERALMENTE, de corpo e alma, para eles não terem “fome” de sexo?


O mais estúpido é que cometi o mesmo erro 2x… seguidas!!!

Quando estamos apaixonados pensamos:


“Desta vez vai ser diferente”

“Ele(a) gosta mesmo de mim”

“Não me vou sentir outra vez um naco de carne”


Bolas, mas a p*** da verdade é que não passamos disso mesmo! Um pedacinho de carne, insignificante como todos os outros milhares de pedacinhos, para comer, f**** e deitar fora quando se torna enjoativo!


Grito do fundo da minha alma:

QUE NOJO!!


Será que ainda existe aquilo de “amor”?

Aquilo em que duas pessoas gostam tanto uma da outra, querem estar tão próximas, que os seus corpos se fundem num só?

E que nesse momento, vive dentro de ti um sentimento tão intenso e tão verdadeiro, que tentas delicadamente transportá-lo para o corpo da tua cara-metade?

Isso existe?


É isto que eu quero sentir… AMOR!


Não basta que alguém goste de mim…

Não basta que eu goste de alguém…

Tem de ser mútuo!


Tem de haver sentimento, esperanças, sonhos, ambições, desejo, expectativas, complementaridade… Tudo aquilo que uma pessoa precisa para ser feliz e sentir AMOR!

Agora talvez ainda seja cedo… sou jovem… mas tenho fé que um dia… quando eu menos esperar… o amor apareça na minha vida.


Nesse dia, vou abrir as portas do meu coração e guardá-lo bem junto de mim, garantindo a mim mesma que nunca o irei deixar desvanecer-se nas memórias do meu passado… Lembrar-me-ei deste dia… E pensarei:

SOU FELIZ.

8 comentários:

amoroso disse...

SEXO......POIS .....Á MUITO POR DIZER,APRENDER,Á MUITO POR ONDE ESCOLHER....ACHO QUE FALAS-TE O QUE ESTAVA GUARDADO EM TI E QUE PRECISAVAS DE FALAR....FALAS-TE O QUE SENTES NESTE MOMENTO.ESPERO QUE SUPERES BEM O QUE JÁ APRENDES-TE E SOFRES-TE. ÉS UMA GRANDE MULHER,OU MELHOR UMA GRANDE ADOLESCENTE.DESEJO-TE O MELHOR DA VIDA E QUE A VIVAS COM MUITO CUIDADO...NADA É FÁCIL...MAS APRENDEMOS. BEIJO DO TAMANHO DO MUNDO

n!n@ disse...

sinceramente n penso k estejas axim tão confusa ou k n percebas nada de nada, como dixes!!!

eu penso k tu estarias mais a sofucar e precisavas de desabafar!!!

outra coisa k me parece, para tua "revolta" e "nojo", é k tens sem duvida conhecido as pessoas erradas, ou neste caso os rapazes errados!!!

mas penso k tu n de ves tornar esta kestão de sexo e amor, de grande importancia, o sexo é um acto natural e o amor??? kem sabe o k é realmente o amor!!! (na minha opiniao vai surgindo com tempo)...pois ixo so importa realamente kando conheceres, uma pessoa k valha pena e em k o sentimento seja mutuo e ai verás k n serás so um "pedaço de carne"...

bjo

Anónimo disse...

Nunca pensei em dizer isto mas dou te razão em varios aspetos... a vida nao é facil, e nao entedemos metade das coisas que nela existem, ha varias coisas que eu jamais irei compreender principalmente o amor, é dificil entender porque amamos, ou porque nos deixamos iludir em esperanças e espectativas que acabam por nos desiludir e magoar, mas sabemos que nao conseguimos deixar de cair nos mesmos erros vezes e vezes sem conta, nao se trata apenas de aprender com os erros, mas sim mudar conceitos de realidade que nos tornam pessoas diferentes daquilo que eramos e que aos poucos nos fazem mudar os nossos conceitos e opinioes, ah quem considere isso crescer, ah quem considere sair do "mundo cor de rosa" que nos ilude, na minha opiniao nao passa de nada mais como uma forma de tentarmos sobreviver ao mundo exterior que nos afecta mesmo que nao nos apercebamos da realidade banal e fria que é viver,e desculpa por estar a comentar e por me meter onde nunca fui chamada...
Feh*

Luis disse...

VAIS SER FELIZ!!!
Aprende com o que fazes, não te arrependas de o fazer.
Tenta estar preparada...
Mais do que os outros somos nós próprios.
Live your life be free.

meus instantes e momentos disse...

gostei daqui. muito bom otexto.
Maurizio

Alma d'Anjo disse...

Bem, posso te dizer que felizmente sou uma das poucas mulheres que reune ambos elementos numa relação ja duradoura. E acredita sou tao adolescente qt tu. na vida ha pessoas certas e erradas mas nao podes selecciona.las pq nao sabes o que sao. Mas passaram na tua vida. Nao deixes que brinqem ctg. Confia c precaução. Da.te na hora certa. Ele há.de vir pq ainda existem.

Nuno, apenas Nuno. disse...

Eu era um rapaz que se preze! :P

Anónimo disse...

bom,posso dizer que tanbem ja passei por isso,não iluda com que os outros dizem